• O tempo seco está a chegar… Aproveite a energia solar para regar as suas plantações!

Microprodução

A solução ideal para a sua habitação ou condomínio, um investimento seguro e rentável!

O que é a Microprodução fotovoltaica?

A microprodução fotovoltaica é a actividade de produção de energia elétrica a partir da energia solar para venda à rede pública. (DL118-A/2010 e DL 25/2013)

Vantagens e benefícios!

Vender toda a energia que produz à rede pública! (Contrato com um comercializador de energia)

Receitas anuais que permitem um bom retorno do seu investimento! (9 anos em média, dependente do sistema instalado e das condições locais)

Sistemas solares fotovoltaicos com vida útil de 25 anos! (Garantia dos fabricantes dos equipamentos que instalamos)

Ao instalar estes sistemas solares vai reduzir as suas emissões de CO2 para a atmosfera, contribuindo para a preservação do meio ambiente!

Aproveite esta oportunidade para ter um rendimento extra!

Com este rendimento extra consegue pagar a sua factura da eletricidade e ainda sobra dinheiro para gastar onde entender!

Se tem área disponível no seu telhado, cobertura ou terreno da sua habitação ou condomínio e boa exposição solar no local, a Microprodução fotovoltaica dá-lhe a possibilidade de rentabilizar essa área e produzir energia elétrica a partir da energia solar para vender à rede!

Condições de acesso?

Ser titular de contrato de compra e venda de electricidade em baixa tensão (BT) com um comercializador;

Instalar a Unidade de Microprodução no local de consumo de electricidade;

Potência de ligação à rede da Unidade de Microprodução não superior a 50% da potência contratada com o seu comercializador de energia (A potência de ligação à rede no regime geral é limitada a 5,75kW);

Remuneração da energia vendida à rede!

Em 2014 a tarifa aplicável ao regime geral é de 0,142€/kWh.

O Decreto-Lei n.º 25/2013 de 19 de Fevereiro prevê, para o futuro próximo, a revisão do regime jurídico da Microprodução em Regime Geral. Entretanto, a remuneração paga pelo comercializador de último recurso, é de acordo com a seguinte fórmula:

= é a remuneração do mês m, em [€]

= é a energia produzida no mês m, em [kWh]

= é o valor da parcela de energia da tarifa simples entre 2,30 e 20,7 kVA aplicada no ano de 2012 pelo comercializador de último recurso ao fornecimento da instalação de consumo

= é o índice de preços no consumidor, sem habitação, no continente, referente ao mês de dezembro do ano n-1, publicado pelo Instituto Nacional de Estatística, I.P.

= é o índice de preços no consumidor, sem habitação, no continente, referente ao mês de dezembro de 2011, publicado pelo Instituto Nacional de Estatística, I.P.

Como aceder?

Os passos necessários para se tornar Microprodutor são os seguintes:

A Sunaply acompanha-o durante todo o processo, desde o registo até à ligação à rede pública (RESP).

Serviços incluídos:

Visita técnica ao local;

Registo no SRM;

Projeto e instalação da Unidade de Microprodução;

Acompanhamento técnico na Inspeção;

Fornecimento do Certificado de exploração;

Acompanhamento técnico na Ligação à rede e início da actividade de Microprodução;

Breve descrição de uma Unidade de Microprodução fotovoltaica

Uma Unidade de Microprodução fotovoltaica produz energia elétrica a partir da energia solar para injectar na rede pública.

Os equipamentos principais de uma Microprodução fotovoltaica são:

Produzem energia elétrica em corrente contínua (DC) a partir da radiação solar;

Transforma a corrente contínua (DC) em corrente alternada (AC) para injectar na rede elétrica pública;

Faz a contagem da energia produzida e injectada na rede elétrica pública;

Faz a contagem da energia consumida a partir da rede elétrica pública;

Opcionalmente poderá instalar um sistema de monitorização para tratamento de dados e verificar o funcionamento da sua Microprodução à distância.

A existência destes equipamentos não acarreta qualquer risco ou perigo para pessoas na sua proximidade, visto que são sistemas dotados de equipamentos de corte e proteção para segurança das pessoas e equipamentos.


->Os módulos fotovoltaicos são instalados numa estrutura fixa (telhado, cobertura, terreno…)

Manutenção fácil e rápida;

Menor produção em relação a um sistema seguidor solar.


->Os módulos fotovoltaicos são instalados numa estrutura móvel (Seguidor Solar) instalada no solo que faz o seguimento do Sol.

Produção até 40% superior a um sistema fixo.

Sujeito a mais manutenção e preço superior em relação a um sistema fixo.


DOWNLOADS


Nao existe nenhum ficheiro disponível para download nesta pagina!